terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Quem me dera ser uma formiga

É muito difícil ser gente nesse mundo. Muito mais fácil seria ser abelha, ou lagartixa, formiga, morcego, sei lá. Difícil isso de ser obrigado a ter uma opinião sobre tudo. Insuportável essa coisa de ter emoções e ter que se preocupar com os sentimentos alheios o tempo inteiro. Sentimentos pra que? Sentimentos só atrapalham, só complicam, só fazem as pessoas se sentirem desconfortáveis e deslocadas. Se barata não fosse um bicho tão nojento diria que ela sim é feliz, com sangue frio, sem maiores preocupações além de comer lixo e aterrorizar humanos, mas não, é nojento demais, ninguém pode gostar de ser barata, nem a barata mais linda, rica e inteligente deve ser feliz sendo barata.
Muita gente que me conhece acha que eu não tenho sentimentos, pelo menos não como as pessoas ditas normais. Só porque eu costumo não pensar muito antes de falar as coisas, só porque eu choro pelo controle remoto sem pilha em vez de pelos desabrigados nas enchentes, só porque eu não sei lidar com os sentimentos dos outros expostos na minha frente. Mas isso não é verdade, eu sinto o tempo todo. Tudo. E, na minha cabeça, por mais que não seja verdade, parece que sinto mais que todo mundo. Morro de inveja de quem não sente nada.
Esses dias parei pra olhar uma linha de formigas na parede da minha cozinha. Não é possível que elas andem tão despreocupadas assim quanto parecem na linha delas, sem ter vontade de dar uma marretada naquela formiga lenta da frente, ou sem talvez querer dizer pra formiga de trás que estão apaixonadas. Quer dizer, formiga deve se apaixonar né? Deveria pelo menos, com certeza existem muito mais formigas do que seres humanos, o que torna incrivelmente injusto que, nós, que estamos em minoria, sejamos os únicos obrigados a nos apaixonar, a ter um coração, a ser inexplicavelmente estúpidos perto da pessoa que gostamos mesmo depois de todos os livros cheios de cultura que guardamos cuidadosamente na estante do quarto.
Tirando aquela confusão da história com a cigarra, e sem incluir o smilinguido na história (com formiga cristã a gente não brinca), as formigas só trabalham, são mecânicas, nascem com uma função e se dedicam a cumpri-la, até alguém pegar uma canetinha vermelha e pintar a cabeça delas pra que o pessoal do formigueiro não as reconheça mais, sem valores atrelados. Sem nada atrelado, pra dizer a verdade.
Bom, enfim, não dava pra perguntar pra nenhuma das formigas se alguma delas estava apaixonada no momento, então matei umas duas formigas pra ver o que acontecia. Deixei os cadáveres ali no meio de onde tinha que passar a antes bem organizada linha de formigas e elas ficaram LOUCAS. Sim, formigas loucas na parede da cozinha, não sabiam pra onde iam, paravam pra dar uma checada nas formigas mortas no caminho, andavam em círculos pela parede, passavam recados que eu não conseguia entender umas pras outras e, quando eu finalmente achei que elas iam se virar pra me explicar o que estava acontecendo, ou pra tirar satisfações pela minha crueldade gratuita, tudo ficou normal. Elas fizeram outra linha. Deixaram as amigas mortas ali do outro lado da parede e continuaram seguindo seu caminho. Vez ou outra uma formiga desavisada esbarrava nos destroços, saqueava a coitada que estava esmagada, roubava seus cartões de crédito, imagino eu, e voltava pra linha. Pois é, imagina se aquelas formigas que eu matei estivessem levando o leite das crianças, ou indo entregar a carta de amor pra formiga dos seus sonhos naquele exato momento. Imagina se estivessem. POIS NÃO ESTAVAM. Formiga não fica de luto, não escreve poesia parnasiana, não compra anel de noivado, não se importa se a amiga formiga da região serrana pegou leptospirose com as chuvas de verão no rio de janeiro. Formigas são espertas, comem seu coração cru se você deixar um pouquinho de açúcar de confeiteiro em cima. Não têm essa babaquice de PENSAR. Pensar só traz problemas.
O que é muito estranho, pois formigas, apesar de não pensarem, EXISTEM. Sim, todos sabem que formigas existem, menos elas mesmas. Eu acho. Meio que deve ser isso que o amigo Descartes quis dizer quando disse que ele "Pensa, logo existe". Que ele SABE que ele existe. Daí ok, não vou entrar nessa discussão porque eu não tenho nenhuma graduação em filosofia e não acho que ninguém esteja interessado nas minhas teorias existenciais.
Só acho que a gente paga um preço alto demais por pensar, por ser humano, por saber que existe. Morro de inveja das formigas. Pensar é insuportável. Sentir me cansa demais.

17 comentários:

  1. e além de tudo, elas não engordam.

    ResponderExcluir
  2. Carolaine, seres humanos são iguais formigas. Se algo inesperado acontece, a fila se desfaz, todo mundo fica um pouco biruta, mas aos poucos todo mundo volta a trilhar o próprio rumo. Só fica pra trás quem não cuida de si mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Tem os seres humanos que são chamados de sociopatas, psicopatas... eles são formigas. Você pode se tornar uma se quiser, alheia a todos os sentimentos e acontecimentos. Mas daí, what's the point? Pra que viver então? Acho melhor continuar vivendo sua vida, sendo o mais feliz que puder, porque pense: sua vida não é tão ruim assim. Nem um pouco. Uma dica? Vai tomar um porre por aí que você fica sem pensar por umas horas. Já é um alívio e tanto.

    ResponderExcluir
  4. OBS: Esqueci de dizer que o background do blog parece uma mancha de várias menstruações. Repara pra ver! hahaha

    ResponderExcluir
  5. Não sinta que o mundo está pedindo de mais de você.

    ResponderExcluir
  6. Oie...
    Acordou?
    Pensam que c nãp tem semtimento? Por que será.?
    Eu sei, Pq c se mostra assim, se recolhendo.

    VIVER É NÃO TER A VERGONHA DE SER FELIZ AMAR E AMAR NA CERTEZA DE SER UM ETERNO APRENDIZ...
    A fila anda, por isso as formigas andam em FILA... ,despreocupadas, felizes, mas vivem,,,
    No lugar de invejar as formigas, ame, diz que ama e viva , sem vergonha de ser FELIZ

    ResponderExcluir
  7. Eu acho que se a gente não sentisse prazer quando comesse um chocolate ou não sentisse aquele frio no estomago quando olha no olho da pessoa que a gente gosta, a vida seria bem chata. E no fim isso compensa a dor. Eu acho

    ResponderExcluir
  8. Você é ótima menina. Se não der uma boa médica, com certeza será uma ótima redatora, nós da publicidade esperamos por você anciosamente.

    ResponderExcluir
  9. SEUS TEXTOS SÃO MUITO BONS!! O que vc quer ser quando crescer? Médica? Jornalista? Redatora? Formiga?

    bjo

    ResponderExcluir
  10. "nós da publicidade esperamos você anCiosamente"
    Essa deve ser redatora das boas, hein!

    ResponderExcluir
  11. Ser humano e ter que pensar que publicitários anciosos com cê aguardam redatores que preferiam não pensar... É mais triste do que achar que não pensar resolve algum problema.

    ResponderExcluir
  12. ANSIOSA COM C é brabo....... E se diz turma de redatores, como redatora, essa pessoa é uma ótima pessoa colaboradora , conselheira e mais nada.......

    ResponderExcluir
  13. Suas redações são todas com nota 10.
    Sua auto estima está precisando passar por uma revisão. Pelo que sinto em suas emoções, tem vida boa e reclama do nada. Revisando encontrará o caminho melhor para seu emocional e um cara capaz de compreender suas procuras. No lugar de vítima, seja realista e não deixe o tempo passar em branco, corra atrás do MELHOR. O tempo passa e não tem volta. Aproveite sua mocidade e pare de falar em gordas e gordas. Que pobreza de espírito!!!Só gorda em todas os momentos. vc deve ter trauma de gorda, quando deveria ver o que há Á DE MARAVILHOSO EM VC. Falei....

    ResponderExcluir
  14. Essas são todas as verdades do mundo reunidas em um só texto.
    Te daria parabéns por falar essas coisas, mas na verdade acho que é melhor não.

    ResponderExcluir
  15. eMuita pobreza querer ser formiga e não aproveitar ser GENTE equilibrada, sem exagero.
    Suportar a vida com dignidade é ser GENTE, ser NOBRE, ser VOCÊ com seu grande potencial.
    Tudo que vc faz hj, que escreve, vai ser refletido no seu futuro particular e profissional. Refletindo sobre isso, seja VOCÊ,
    Vc diz que tem quase 20 anos,,,Está perdendo esses quase 20 anos em que? Vc é linda para jogar fora o que tem no interior. Vc é aplaudida e levada pelo invejosos, quando fala sobre coisas horríveis a seu respeito.
    Eu não sou qualificada para analisar sua personalidade, mas só um bom analista poderá fazer. Procure um e melhore, enquanto é tempo. A FILA ANDA .

    ResponderExcluir